Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2012

Mulher engorda como forma inconsciente de punir parceiro

Quando o sobrepeso começa a te incomodar ou você já fez tantas dietas, exercícios, tomou tantos remédios e nada efetivamente mudou; não será o momento de começar a pensar nas outras causas que podem estar interferindo na manutenção do peso desejado?
O excesso de peso pode ter muitos significados simbólicos e inconscientes. Pode representar proteção, atrair atenção, castigo, culpa, punição, dificuldade em lidar com emoções... Enfim, todos de alguma forma afetam os relacionamentos.

Durante todos os processos de tentativa de manutenção do peso que deseja, já parou para analisar o seu relacionamento com seu parceiro?

Um exemplo muito comum é quando a esposa descobre uma traição do marido e mesmo não querendo o divórcio e ele tendo terminado o relacionamento com a outra pessoa, ela não consegue superar o acontecido. Sente que ainda o ama, mas está furiosa, magoada, e não consegue sequer pensar em ter uma relação sexual com ele. Começa a comer muito e em pouco tempo aumenta seu peso, não se c…

Garden?

Imagem
Garden?, a photo by Rogsil on Flickr.

Tráfego

Imagem
Tráfego, a photo by Rogsil on Flickr.

Rotatoria

Imagem
Rotatoria, a photo by Rogsil on Flickr.

What's up?

Imagem

Av. Macapá

Imagem
Av. Macapá, a photo by Rogsil on Flickr.

Spider Man

Imagem
Spider Man, a photo by Rogsil on Flickr. Via Flickr:
Description

Efeitos

Imagem

iPad 2 sobrevive a atropelamento em estrada! / iPad 2 survives running o...

Imagem

Zé Trindade

Zé Trindade (1915-1990), nome artístico do ator, poeta e compositor brasileiro Milton da Silva Bittencourt, nascido em Salvador, Bahia. De infância pobre, despontou para o sucesso em 1935, como ator cômico no rádio e letrista de música. Mudou-se para o Rio de Janeiro em 1945, onde comandou programas radiofônicos de humor durante 20 anos.
No cinema desde 1947, criou o tipo inconfundível do baixinho mulherengo, de bigode fino e voz melíflua, autor de bordões duradouros como “é lamentável!”, “o que é a natureza!” e, o mais famoso, “meu negócio é mulher!”. Estrelou quase 40 chanchadas (ver Cinema brasileiro) de 1947 a 1961, com destaque para Genival é de morte (1956), O camelô da rua Larga (1958), Massagista de madame (1959) e Mulheres, cheguei (1961). Foi roteirista de vários filmes em que atuou.
Assinou o livro O poeta Zé Trindade (1965) e dois volumes de humor, gravou 26 discos de música nordestina e teve mais de 200 composições gravadas. Na televisão, fez inúmeros programa…

20 de Abril de 1992- Hoje na História

Imagem
Há 20 anos atrás aconteceu  um Show em Londres que homenageou  Freddie Mercury, ex-vocalista do grupo Queen, que morreu vítima da AIDS em novembro de 1991.

Cry From The Street

Imagem
Céu From The Street, a photo by Rogsil on Flickr.

O cadastro de reserva pode estar perto do fim. Isso é bom ou ruim?

O cadastro de reserva, isto é, o concurso feito sem um número determinado de candidatos, sempre foi um das maiores polêmicas envolvendo as seleções públicas. Agora, ele pode acabar. De um lado, seus detratores alegam que o cadastro traz insegurança ao concurseiro. Na outra ponta do debate, há quem não veja problema nesse tipo de seleção e até o defenda por conta da morosidade do processo licitatório. O projeto de Lei do Senado 369, aprovado na semana passada pela Comissão de Cidadania e Justiça (CCJ) do Senado, prevê que esse tipo de seleção seja permitido apenas para empresas públicas ou de economia mista. Nesses casos, contudo, as companhias não poderão cobrar taxa de inscrição. Pela regra atual, os órgãos da administração pública – direta ou indireta – ainda podem abrir concurso exclusivo para cadastro de reserva. Para os candidatos aprovados em número excedente ao de cargos a serem providos, contudo, a formação de cadastro de reserva nos concursos ainda será permitida se o projet…

Quem é Javé?

Javé é o nome do Deus do povo hebreu. A palavra original (que se pronuncia Yahvé ou Yawé) é formada pelas consoantes YHVH ou YHWH, com as vogais incorporadas no texto massorético de uma palavra distinta, Adonai (meu Senhor). Em seu sentido etimológico, é a terceira pessoa do singular imperfeito do verbo havá (ou hayá), que significa "ser". Os antigos intérpretes explicam o verbo de forma abstrata e metafísica, significando algo que aproximadamente afirmaria: "Eu sou o que sou" ou "Eu sou aquele que é", quer dizer, o que existe de uma forma absoluta.
Microsoft ® Encarta ® Encyclopedia 2002. © 1993-2001 Microsoft Corporation.  Todos os direitos reservados.

Bem (filosofia)

Noção ética essencial e normativa, que serve para designar o que possui um valor moral. George Edward Moore pensa ser impossível definir o bem. Trata-se, efetivamente, de um termo genérico para uma pluralidade de conteúdos: a noção de bem é variável conforme as pessoas e as sociedades, sendo evolutiva ao longo do tempo.
O bem, valor moral (ou melhor, conjunto de valores morais), resulta de uma apreciação da atividade humana (ou, antes, das representações internas que o homem faz a esse respeito). Ele é relativo ao que é próprio para favorecer, gratificar ou nos ser útil na vida. A idéia de bem está ligada à da satisfação proporcionada por uma ação, pensamento ou objeto. O bem será, portanto, procurado por ele mesmo ou por outros bens, podendo mostrar-se a nós como motor e fim de nossas ações (causa final). Segundo Sidgwick, ele é “o objeto do desejo racional informado”, o que pressupõe que é oriundo de raciocínios, não é inato, podendo ser adquirido e ensinado.
O bem pare…

Reforço (psicologia)

Reforço (psicologia), processo pelo qual a associação continuada de uma certa resposta é aumentada ante um determinado estímulo para que o indivíduo obtenha um prêmio ou recompensa (reforço positivo). B. F. Skinner definiu este fenômeno como a indução de um modelo de comportamento através da apresentação reiterada de conseqüências positivas ou negativas (prêmios e castigos).
Microsoft ® Encarta ® Encyclopedia 2002. © 1993-2001 Microsoft Corporation.  Todos os direitos reservados.

Sound Machine

Imagem
Sound Machine, a photo by Rogsil on Flickr.

Rua Campinas

Imagem
Rua Campinas, a photo by Rogsil on Flickr.

Cruzamento

Imagem
Cruzamento, a photo by Rogsil on Flickr.

Pastelaria de Feira

Imagem
Pastelaria de Feira, a photo by Rogsil on Flickr.

Há 40 Anos Passados - 10 de abril de 1972

A fragata portuguesa Funchal traz para o Brasil os restos mortais de D. Pedro I.


No sesquicentenário da Independência do Brasil (1972), os restos mortais de D. Pedro I foram trazidos para a cripta do monumento do Ipiranga, em São Paulo.

O QUE É BELO EM TERMOS FILOSÓFICOS?

termo traduzido do latim bellu(m) (“bonito”, “encantador”, “agradável”, etc) e não de pulcher ou de formosus. O fato de o próprio Hesíodo ter qualificado Pandora de kalon kakon (belo mal) acentua a extrema versatilidade dessa noção. Normativo ou categórico, aplicável tanto aos objetos naturais quanto aos produtos artificiais, a filosofia só pôde empregar esse conceito ao custo de sua redução estética (sensível), ética (bem) e alética (verdadeiro).
Do ponto de vista estético, o belo se refere, de preferência, às artes plásticas (arquitetura, pintura e escultura), isto é, ao sentido da visão (admitindo-se que a visão é um contato a distância e o tato, uma percepção sem distância). Essa determinação ótica, à qual está ligada a noção de prazer, remonta, pelo menos, a Platão, como o atesta o Hippias majeur (Do belo), sem dúvida, o primeiro tratado de estética conhecido. Indo de encontro à língua grega que não hesita em identificar o belo com o bem (kalonkagathon),Platão subsu…

Cemig Junho de 2012

Imagem
Cemig Junho de 2012, a photo by Rogsil on Flickr.

Copasa Jun.12

Imagem
Copasa Jun.12, a photo by Rogsil on Flickr.

As 5 habilidades da vida digital

As 5 habilidades da vida digital

Há uma farta literatura na praça discutindo os efeitos da internet. Uns garantem que a web está nos piorando de vários jeitos: ficamos mais burros, nossa vida privada escoa, quiçá web vicia. Outros seguem o caminho contrário.

A internet democratiza, derruba ditaduras, vai reconstruir a sociedade, criar utopia. “Net Smart”, de Howard Rheingold, acaba de sair nos EUA e não se encaixa bem em nenhum grupo. Ele simplesmente parte do princípio de que a internet não vai embora e sugere que ainda não aprendemos a nos adaptar a ela. Net Smart, inteligência de rede, é algo que se aprende. E que mesmo gente que já está no mundo digital há um tempo, às vezes, não dominou o pacote completo.

Para Rheingold, o que ele chama de inteligência de rede inclui cinco habilidades A primeira é atenção.

É a mais óbvia e também uma das mais difíceis.

A web é vasta e baseada em links. Saia em busca dum assunto e é fácil se perder. Cruzou algo interessante, seguiu dali para outr…

Presidente uruguaio vive em chácara e doa 90% do salário

BUENOS AIRES — A presidente Cristina Kirchner anunciou esta semana a decisão de transferir para pesos um depósito bancário de US$ 3 milhões, na tentativa de convencer os argentinos a pouparem em moeda nacional. Com um patrimônio estimado em US$ 15 milhões, ela é uma das mulheres mais ricas do país e integra a lista de presidentes milionários da região, como o chileno Sebastián Piñera. Do outro lado do Rio da Prata, o uruguaio José “Pepe” Mujica, o chefe de Estado mais pobre do continente, vive em condições de austeridade e conserva o mesmo patrimônio que possuía quando chegou ao poder, em 2010: uma humilde chácara a 20 quilômetros de Montevidéu e um fusca modelo 1987, avaliado em US$ 1.925. Mujica doa 90% dos US$ 12.500 que recebe mensalmente a programas sociais.
Quando o Uruguai recuperou sua democracia, em 1985, Mujica, um ex-guerrilheiro tupamaro, saiu da prisão e disse que todos em seu país deviam aprender a “viver como pobres”. E foi o que ele fez. Junto com sua companheira, a s…

Indiretas Já - MTV Comédia - Marcelo Adnet

Imagem

Hoje na História no Twitter!

IPad - Tela de Leitura

Imagem
IPad - Tela de Leitura, a photo by Rogsil on Flickr. Via Flickr:
Enviado via iPad

Abemus Lula

O ponto de partida é uma frase de Lula: “Não deixarei que um tucano assuma de novo a Presidência”. Lembro, no entanto, que não sou de pegar no pé de Lula por suas frases. Cheguei a propor um “habeas língua” para o então presidente na sua fase mais punk, quando disse que a mãe nasceu analfabeta e que se a Terra fosse quadrada a poluição não circularia pelo mundo. Lembro também que hoje concordo com o filósofo americano Richard Rorty: não há nada de particular que os intelectuais saibam e todo mundo não saiba. Refiro-me à ilusão de conhecer as leis da História, deter segredos profundos sobre o que dinamiza seu curso e dominar em detalhes os cenários futuros da humanidade. Nesse sentido, a eleição de Lula, um homem do povo, sem educação formal superior, não correspondeu a essa constatação moderna de Rorty. Isso porque, apesar de sua simplicidade, Lula encarnava a classe salvadora no sonho dos intelectuais, via luta de classes como dínamo da História humana, e traçava o mesmo futuro paradi…